Em pleno século XXI

   Confesso que não gosto desta expressão e devo admitir que não a uso. Na minha concepção, os fatos existem porque devem existir e se, por exemplo, ainda temos miséria decorrente da seca no nordeste, é porque não evoluímos o suficiente para finalizar isto. Temos a capacidade de perceber que é errado, mas nada fazemos, nada pensamos, nada queremos. Ou melhor, queremos. Como filhos da nação queremos, se não já teríamos mudado a situação.

    Nossa sociedade não está preparada para ser plenamente civilizada. O mundo não está preparado para ser perfeito. Podemos estar preparados para mudar em âmbitos isolados, é verdade. Mas, de qualquer forma, a expressão “Em pleno século XXI” não me convence.

    As maleficências da vida apresentam quatro estágios: o de estarem em sua plenitude; o de serem praticamente plenas e com uma base contestadora iminente; o de serem contestadas, mas não inteiramente erradicadas e o estágio final, que decreta seu término, sua desvalorização e que foram vencidas.

    Obviamente, a humanidade evoluiu bastante, porém existem alguns temas que estão em estágio inicial ou intermediário, como por exemplo a desigualdade de gêneros. Antes, sua discussão era banal e desconsiderada, onde a mulher tinha menos respeito possível. Isso nos primórdios da formação social. As sociedades evoluíram neste fato, porém não completamente.

    A questão da violência, sobretudo a urbana é outro exemplo interessante. Digo no sentido político, não literal. Me refiro ao vandalismo gerado pelos líderes. Isso é outra coisa que no Brasil é bastante aceita e tolerada. Há quem combata, mas estamos em um estágio emergente.

    Concluo  então que as coisas são o que são porque deveriam ser assim. Basta entendermos e mudar, porém, às vezes, isso demora muito, afinal existem os estágios de evolução. As pessoas atropelam esse fato geralmente sem contribuir para a mudança, para a evolução, somente analisam e condenam.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s